Luís Vaz de Camões

     

   Autores

   
Obras do Autor

   Obras Impressas

Os Lusíadas: The Lusiads

   
Luís Vaz de Camões - (1524-1580)

Poeta nacional de Portugal, considerado uma das maiores figuras da literatura lusófona e um dos grandes poetas da literatura ocidental.

Pouco sabe-se ao certo sobre sua vida, tendo nascido em Lisboa de uma família de pequena nobreza e recebido sólida educação nos moldes clássicos. Frequentou a corte de Dom João III como cortesão e após o término de um amor frustrado, alistou-se como militar, aonde vem a perder um dos olhos em uma batalha em África. Ao retornar a Portugal, feriu um servo do Paço, foi preso e partiu para o Oriente. Lá, enfrentou uma série de adversidades, combateu ao lado das forças portuguesas e escreveu a sua obra mais conhecida, a epopeia nacionalista “Os Lusíadas”. De volta à pátria, publicou a sua obra e recebeu uma pequena pensão do rei Dom Sebastião pelos serviços prestados à Coroa, mas em seus anos finais parece ter enfrentado dificuldades financeiras.

Após a sua morte a sua obra lírica foi reunida em coletânea e começou a ser reconhecida como valiosa e de alto padrão estético por vários nomes importantes da literatura europeia, ganhando prestígio sempre crescente entre o público e os conhecedores e influenciando gerações de poetas em vários países.

Camões foi um renovador da língua portuguesa e fixou-lhe um duradouro cânone; tornou-se um dos mais fortes símbolos de identidade da pátria e é referência para toda a comunidade lusófona internacional. É considerado um dos grandes vultos literários da tradição ocidental, sendo traduzido para várias línguas e tornando-se objeto de uma vasta quantidade de estudos críticos.
   
Affonso Romano de Sant`Anna
Afonso Rodrigues de Aquino
Albert Pike
Alberto José Marchi Macedo
Alejandro Maciel
Almir Correia
Anne Brontë
Bram Stoker
Celso Abrahão
Charles Dickens
Charlotte Brontë
Christopher Knight
Cláudio Cruz
Dante Alighieri
Eça de Queirós
Elizabeth Gaskell
Emily Brontë
F. Scott Fitzgerald
Fábio Cyrino
Fernando Klein
Gaston Leroux
Guy de Maupassant
Henry James
Henryk Sienkiewicz
Herman Melville
Jane Austen
Johann Wolfgang von Goethe
John Buchan
John Donne
Jonas Ribeiro
José Castellani
Joseph Conrad
Jules Verne
L Frank Baum
Lew Wallace
Ligia Maria F. Cyrino
Luís Vaz de Camões
Márcio Tadeu Anhaia de Lemos
Mary Shelley
Oscar Wilde
Percy Shelley
Regina Drummond
Ricardo Maffia
Richard Francis Burton
Robert Lomas
Robert Louis Stevenson
Rudyard Kipling
Sérgio Olímpio Gomes
Tânia Mara Marques Granato
Thomas Carlyle
Vasco Graça Moura
Virginia Woolf
Vitor Alexandre Chnee
William Shakespeare