O Riquixá Fantasma e Outros Contos Misteriosos
O Riquixá Fantasma e Outros Contos Misteriosos
Autor
Rudyard Kipling
Tradução e notas
Luciana Salgado
Adaptação
***************
Ilustrador
***************
Idioma
Português
Lançamento
11/2010
Acabamento
Brochura
Formato
14cm x 21cm
Páginas
224
Peso
157 g
ISBN - Livros
ISBN 9788588781931
ISBN - Digital
ISBN 9788588781573
Compre Agora

Versão Física
Versão digital
Sinopse
O RIQUIXÁ FANTASMA E OUTROS CONTOS MISTERIOSOS foi publicado em 1888 e é uma coleção de contos misteriosos e de fantasmas, repletos de conteúdo moral, escritos por Rudyard Kipling. As histórias incluídas nesta coleção são os seguintes:

O RIQUIXÁ FANTASMA: Após um caso com uma mulher inglesa da sociedade local, o narrador a repudia e fica noivo de outra mulher. No entanto, a primeira continuamente reaparece em sua vida, implorando-lhe que reconsidere, mas este a rejeita definitivamente. Uma morte inesperada, aparições fantasmagóricas e uma revelação inusitada, levam a história a um caminho surpreendente que só a maestria de Kipling seria capaz de produzir.

MINHA HISTÓRIA VERDADEIRA SOBRE FANTASMA: O narrador, ao permanecer em um bangalô em Katmal, Índia, ouve alguém na sala ao lado jogando bilhar. Ele acha que é um grupo que acabou de chegar e que estava hospedado no local. Na manhã seguinte, ele se queixa, apenas para descobrir que uma surpreendente revelação seria lhe apresentada.

A ESTRANHA CAVALGADA DE MORROWBIE JUKES: Em uma noite, Morrowbie Jukes, um inglês, se sente um pouco febril e é incomodado pelos latidos dos cães fora de sua barraca. Ao persegui-los cai de seu cavalo e fica preso em um banco de areia junto a um rio, onde passa a noite para descobrir, na manhã seguinte que é prisioneiro de uma colônia de leprosos. Uma ajuda inesperada e uma revelação surpreendente levará Jukes por caminhos nunca antes sonhados por ele antes.

O HOMEM QUE QUERIA SER REI: O conto narra as aventuras de dois militares ingleses pelas colônias britânicas da Índia e da Ásia atrás de fama e fortuna, vivendo de golpes e de pequenos contrabandos. Decidem sair do exército e apresentam-se como divindades no misterioso reino do Kafiristão - uma terra onde nenhum homem ocidental aparecia desde Alexandre, o Grande. Narrado em flashback por um velho aparentemente perturbado ao próprio Rudyard Kipling, na redação de seu jornal em Lahore, no atual Paquistão.Considerados seres divinos pelos habitantes locais, após um dos personagens ser ferido em uma batalha por uma flecha, sem sangrar nem morrer, pois a flecha na verdade entrou numa bandoleira de couro que ele usava embaixo da roupa, os dois usufruem a realeza lhes concedida pela população, até serem desmascarados.O velho que conta a história a Kipling é Peachey Carnehan, um dos dois militares e o sobrevivente da aventura. Trata-se de uma história fundamentada na filosofia maçônica e trás dentro de seu contexto vários ensinamento da Ordem. Um de seus principais ensinamentos alude à ambição dos Homens que em nome do poder e da vaidade acabam perdendo até mesmo o seu mais precioso bem, a vida.
Compre em Nossos Parceiros

Conheça mais sobre Rudyard Kipling


(1865-1936)

Romancista, contista, cronista, jornalista e poeta inglês; nasceu na Índia, em 1865, foi educado por pais adotivos e estudou em um internato na Inglaterra, retornando mais tarde à terra natal como jornalista (1882-9).

Entre suas coletâneas de artigos e poemas está "Simples Contos das Colinas" (1888), que descreve os costumes de indianos e ingleses. Muitos de seus contos revelam preocupação com a crueldade e o sobrenatural. São conhecidos seus contos que mostram os costumes indianos e o choque de cultura com o Império Britânico, como em "O Homem que Queria ser Rei" e seus contos sobrenaturais, como em "Minha Própria História de Fantasmas".

Considerado 'o poeta do Império', seus conceitos se refletiram em poemas bastante conhecidos, como "Mandalay", "Gunga Din" e "Se". Grande parte da sua melhor poesia aparece em " As Baladas da Caserna", publicado em 1892. As obras infantis Stalky & Co. (1899); os dois Livros da Selva (1894), sobre Mowgli, um menino criado entre lobos; "Just so Stories" (1902) e "Puck of Pook's Hill" (1906) continuam populares, bem como sua obra-prima "Kim" (1901), sobre as aventuras de um garoto inglês órfão entre os povos e costumes do noroeste da Índia.

Sua produção jornalística incluí crônicas sobre as guerras européias, relatos de viagens, e cartas pessoais, destacando-se "Notas Americanas" e "Crônicas do Brasil", este último publicado postumamente.

Foi o primeiro inglês a receber o Prêmio Nobel de Literatura, em 1907. Após a Primeira Guerra Mundial, sua produção literária diminui em virtude do trauma da perda de seu filho neste conflito. Falece em 1936, estando enterrado no Canto dos Poetas da Abadia de Westminster em Londres.



Do mesmo autor



EDITORA LANDMARK LTDA.
Rua Alfredo Pujol, 285 - 12º andar - Santana - 02017-010 – São Paulo - SP - Brasil
Tel.: +55 (11) 2711 2566 / 2950 9095

editora@editoralandmark.com.br