A Editora Landmark na Imprensa
OS TREZE CONTOS PRESENTES NA OBRA MOSTRAM TODA A LUTA DE LIMA BARRETO PARA ROMPER AS BARREIRAS SOCIAIS, POLÍTICAS E DO VAZIO INTELECTUAL DA SUA ÉPOCA.

Militante e panfletário, ele transformou a sua vasta produção literária – uma obra com 17 volumes, entre eles romances, crônicas (que publicou em dezenas de jornais e revistas do Rio de Janeiro), contos, memórias e críticas literárias – em uma ativa tribuna de combate ao preconceito racial e à discriminação social, transformando o ato de escrever um ato político, onde debatia e demonstrava o seu ponto de vista que por vezes sobrepujava os limites literários. Fruto de sua época, nascido livre sete anos antes da Abolição da Escravatura, a produção literária de Lima Barreto é marcada pela investigação das desigualdades sociais e por uma leitura crítica sobre os homens e as suas relações frente a uma sociedade provinciana e hipócrita. Os 13 contos apresentados na edição bilíngue de O homem que sabia javanês e outros contos selecionados (Landmark, 272 pp, R$ 45 - Trad.: Francisco Araújo da Costa) apresentam toda a luta de Lima Barreto para romper as barreiras sociais, políticas e do vazio intelectual da sua época.

EDITORA LANDMARK LTDA.
Rua Alfredo Pujol, 285 - 12º andar - Santana - 02017-010 – São Paulo - SP - Brasil
Tel.: +55 (11) 2711 2566 / 2950 9095

[email protected]