A Editora Landmark na Imprensa
Em A MORADORA DE WILDFELL HALL, da Editora Landmark, a esritora Anne Brontë, que utilizou o dúbio pseudônimo de Acton Bell, denuncia a submissão feminina na sociedade inglesa. Publicada em 1848, a obra, que conta a história de uma jovem que recusa vários pretendentes ao casamento, foi classificada como inapropriada para o público feminino.

EDITORA LANDMARK LTDA.
Rua Alfredo Pujol, 285 - 12º andar - Santana - 02017-010 – São Paulo - SP - Brasil
Tel.: +55 (11) 2711 2566 / 2950 9095

[email protected]