A Editora Landmark na Imprensa
"Obra de Oscar Wilde que causou polêmica na Era Vitoriana (1890) agora se torna filme

A editora Landmark acaba de lançar a versão original de 1890, do título ""O Retrato de Dorian Gray - The picture of Dorian Gray"", de ninguém menos que Oscar Wilde, com tradução inédita e em edição bilíngue, antecipando o lançamento do homônimo ""Dorian Gray"" nos cinemas de todo mundo.

Dorian gray se apaixona por si mesmo, após ver seu retrato, cujo presente foi feito pelo amigo artista Basil Hallward. Até então, Gray era ingênuo e pensara apenas em ser um simples modelo que servia a inspiração de Basil em diversas outras obras. Mas tudo muda após receber o quadro como presente.

Com a convivência junto a Lorde Henry Wotton, um cínico e hedonista aristocrata muito amigo de Basil, Dorian Gray é seduzido ao mundo da beleza e dos prazeres imediatos e irresponsáveis, espírito este que só se intensificou após conferir seu retrato pronto e apaixonar-se por si mesmo. Se entrega à superficialidade e ao egoísmo, sem a menor culpa.

O belo rapaz, ao contrário da natureza humana, misteriosamente preserva seus sinais físicos de juventude enquanto os demais envelhecem e sofrem com as marcas da idade. O desfecho da história é surpreendente, cujo segredo está no livro.

Um clássico, à época despertou grande polêmica na Inglaterra Vitoriana pelo comportamento indiferente, pelo esteticismo como principal tema e pela dualidade do personagem principal, hedonista e conservador, que frequenta tranquilamente reuniões da alta sociedade após cometer inúmeros assassinatos. Em breve o livro se transformará em filme."

EDITORA LANDMARK LTDA.
Rua Alfredo Pujol, 285 - 12º andar - Santana - 02017-010 – São Paulo - SP - Brasil
Tel.: +55 (11) 2711 2566 / 2950 9095

editora@editoralandmark.com.br