A Editora Landmark na Imprensa
"Simone Magno

Aproveitando a chegada aos cinemas de mais uma versão de O retrato de Dorian Gray, a Editora Landmark, especializada em grandes clássicos bilíngues da literatura mundial, relança o livro que inspirou o filme, clássico de Oscar Wilde. A história foi inicialmente publicada no periódico Lippincott’s Monthly Magazine, em junho de 1890. O livro traz os 13 capítulos originais publicados pela revista norte-americana, sem as alterações posteriores de 1891, que a editora inglesa Ward, Lock and Company exigiu para lançá-lo no mercado britânico. Essas exigências e modificações deveriam suavizar a trama, abrandar a influência negativa de Lorde Henry e moderar o relacionamento de Gray com os demais personagens, constituindo assim uma segunda versão mais amena. O clássico despertou grande polêmica na Inglaterra vitoriana pelo comportamento indiferente, pelo Esteticismo como principal tema e pela dualidade do personagem principal, hedonista e conservador, que frequenta tranquilamente reuniões da alta sociedade inglesa após cometer inúmeros crimes e assassinatos. A Landmark lançou recentemente outros clássicos em versão bilíngue, como Jane Eyre, de Charlotte Brontë, Orgulho e preconceito, de Jane Austen, Norte e sul, de Elizabeth Gaskell, e O agente secreto, de Joseph Conrad. "

EDITORA LANDMARK LTDA.
Rua Alfredo Pujol, 285 - 12º andar - Santana - 02017-010 – São Paulo - SP - Brasil
Tel.: +55 (11) 2711 2566 / 2950 9095

[email protected]