A Editora Landmark na Imprensa
"Moby Dick ganha versão bilíngue

Escrito pelo norte-americano Herman Melville, o livro foi publicado, originalmente, em três fascículos com o título “A Baleia”, em Londres, em 1851, e ainda no mesmo ano, em Nova York em edição integral.

Uma das obras máximas do romantismo norte-americano- “Moby Dick”- que completou 161 anos de publicação, na semana passada, ganha versão bilíngue (português/inglês) da Editora Landmark. Escrito pelo norte-americano Herman Melville, o livro foi publicado, originalmente, em três fascículos com o título “A Baleia”, em Londres, em 1851, e ainda no mesmo ano, em Nova York em edição integral. Somente a partir de sua segunda edição que ganha seu título definitivo, “Moby Dick”.

O livro foi revolucionário para a época, com descrições intricadas e imaginativas das aventuras do narrador Ismael, suas reflexões pessoais, e grandes trechos de não-ficção, sobre variados assuntos, como baleias, métodos de caça, tradições navais e armazenamento de produtos extraídos das baleias. Apesar dessas características, a obra foi inicialmente mal recebida pela crítica literária, assim como pelo público, mas com o passar do tempo tornou-se uma das mais respeitadas obras da literatura em língua inglesa.

A fama de Moby Dick, a revisão de sua importância e sua inclusão como parte do Cânone Ocidental da Literatura se inicia a partir da década de 1910, com a revisão literária realizada por Carl Von Doren e a publicação da obra “Studies in Classic American Literature”, elaborado pelo escritor, ensaísta e poeta britânico D.H. Lawrence em 1923.

Inspirado pelas experiências pessoais do autor e por outros acontecimentos que marcaram o período, “Moby Dick” representa, além de uma complexa narrativa de ação, uma profunda reflexão sobre o confronto entre o homem e a natureza, ou segundo alguns especialistas, entre o homem e o Criador, reforçada pela ‘universalidade’ dos tripulantes do navio “Pequod”, o que sugere uma representação da Humanidade.

Uma ótima pedida é, depois de ler o romance, conferir a versão cinematográfica mais famosarealizada por John Huston, em 1956, estrelada por Gregory Peck, no papel do capitão Ahab e Orson Welles, como o padre Mapple, com roteiro elaborado pelo escritor Ray Bradbury.

Lançado em edição de luxo pela Editora Landmark, o romance bilíngue chega às lojas com tradução de Vera Silvia Camargo Guarnieri e valor sugerido de R$ 49. "

EDITORA LANDMARK LTDA.
Rua Alfredo Pujol, 285 - 12º andar - Santana - 02017-010 – São Paulo - SP - Brasil
Tel.: +55 (11) 2711 2566 / 2950 9095

editora@editoralandmark.com.br