A Editora Landmark na Imprensa
"Sônia Machiavelli Corrêa Neves ""Nenhum homem é uma ilha, inteiramente isolado; todo homem é um pedaço de um continente, uma parte de um todo. Se um torrão de terra for levado pelas águas até o mar, a Europa fica diminuída, como se fosse um promontório, como se fosse o solar de seus amigos ou o seu próprio; a morte de qualquer homem me diminui, porque sou parte do gênero humano. E por isso não pergunteis: por quem os sinos dobram; eles dobram por vós. A dúzia de frases que abre essas considerações inspirou alguns dos maiores escritores do século XX. Ernest Hemingway escreveu a partir da leitura delas o romance Por quem os sinos dobram. Paula Fox, autora do extraordinário Desesperados, lança mão dessas imagens em momento catalisador de sua narrativa. José Saramago, quem diria, aproveitou ao máximo a metáfora para construir sua Jangada de pedra. E quem é o autor da rica, consistente, filosófica reflexão que atravessou quase cinco séculos sem perder a atualidade porque nos fala de questões atemporais? Trata-se do poeta John Donne, que viveu na Inglaterra na mesma época de Shakespeare (confira no texto ao lado) e legou aos pósteros uma obra vasta e densa, em prosa e verso. A forma em Donne é exata, precisa. Suas imagens se destacam pela singularidade e pela sensualidade. Seus temas são os mesmos que mobilizaram o teatro de Shakespeare - o amor, o poder, a vida, a morte. É um clássico pouco conhecido pelos brasileiros, com lugar cativo apenas nos cursos de literatura de língua inglesa. Por isso a Editora Landmark está lançando no país a mais conhecida obra de John Donne - Meditações. Críticos de língua inglesa costumam afirmar que Donne transformou a literatura do século XVI ao migrar da poesia amorosa, que o tornou admirado na corte, para a poesia secular, metafísica, que resulta de seu amadurecimento pessoal. Mas sua obra também é fruto de circunstâncias que abrem o seu olhar para outras possibilidades de pensar o mundo, os seres humanos, a religião. Essa liberdade que ele conquista é um degrau que o alça ao patamar dos artistas que avaliam a humanidade sem preconceitos de qualquer espécie. É como se nos dissessem que temos um mesmo princípio de humanidade e o que ocorre a um tem fatalmente ressonâncias no próximo. Por tais qualidades, a obra de Donne não foi tragada pela voracidade do tempo, é lida até hoje com o mesmo interesse dos leitores de sua época. Em Meditações, edição bem cuidada, traduções primorosas (com o texto original para a confrontação, o que é essencial para que o leitor perceba que não houve ""traição"" na ""tradução""), Donne exercita de modo poético e profundo uma reflexão ampla onde elege o sentido da vida e da morte como tema maior. Seu correspondente em língua francesa seria Montaigne. Em português, o Padre Vieira. A Landmark fica devendo aos leitores a tradução de Sátiras, o primeiro livro de Donne, e de Canções e sonetos, o segundo, que tem poemas de um erotismo tratado de forma tão estética que não escandalizaram os súditos de Elizabeth I, a Rainha Virgem, e continuam brilhando em versos lapidados com a competência de quem nasceu vocacionado para a palavra que traduz os mais humanos sentimentos. Ficam como arremate a esses comentários os primeiros versos de “Elegia: Indo para o leito”, em tradução de Helena Barbas, professora de literatura da Universidade de Lisboa. O compositor brasileiro Francis Hime também verteu para o português este que é o poema mais conhecido de Donne. "" Vem, dama, vem que eu desafio a paz/ Até que eu lute, em luta o corpo jaz/ Como o inimigo diante do inimigo/ Canso-me de esperar se nunca brigo/ Solta esse cinto sideral que vela/ Céu cintilante, uma área inda mais bela/ Desata esse corpete constelado/ Feito para deter o olhar ousado/ Entrega-te ao torpor que te derrama/ De ti a a mim, dizendo: hora da cama..."" Serviço: Título: Meditações Autor: John Donne Gênero: Ensaios Preço de capa: R$ 24,50 Editora: Landmark Fone: (11) 6011-2550 WWW.editoralandmark.com.br e-mail: editora@editoralandmark.com.br "

EDITORA LANDMARK LTDA.
Rua Alfredo Pujol, 285 - 12º andar - Santana - 02017-010 – São Paulo - SP - Brasil
Tel.: +55 (11) 2711 2566 / 2950 9095

editora@editoralandmark.com.br