A Editora Landmark na Imprensa
"Destaque da semana

No ano em que se comemoram os 160 anos do nascimento de Oscar Wilde, a Landmark manda para as livrarias a primeira versão de 1890 de O retrato de Dorian Gray, mais denso, explícito e polêmico, em exclusiva edição de luxo, com capa dura, com texto comentado e bilíngue, em nova tradução de Doris Goettems. O livro está sendo vendido também em versão digital. O romance começou a ser publicado originalmente na Lippincott’s Monthly Magazine, em 20 de junho de 1890. A versão traz os 13 capítulos originais publicados pela revista norte-americana, sem as alterações posteriores de 1891, que a editora inglesa Ward, Lock and Company exigiu para lançá-lo no mercado britânico. Essas exigências e modificações viriam suavizar a trama, abrandando a influência negativa de lorde Henry e moderando o relacionamento de Gray com os demais personagens, constituindo assim uma segunda versão mais amena. A história já foi adaptada 21 vezes para o cinema, sendo a primeira em 1910 e a mais recente em 2009, dirigida por Oliver Parker e estrelada por Ben Barnes e Colin Firth. Recebeu ainda 15 adaptações para teatro e uma adaptação para ópera, de autoria do compositor norte-americano Lowell Liebermann, em 1996.

http://simonemagno.cbn.globoradio.globo.com/2014/08/21/destaque-da-semana/"

EDITORA LANDMARK LTDA.
Rua Alfredo Pujol, 285 - 12º andar - Santana - 02017-010 – São Paulo - SP - Brasil
Tel.: +55 (11) 2711 2566 / 2950 9095

[email protected]