Um Cântico de Natal: A Christmas Carol
Um Cântico de Natal: A Christmas Carol
Autor
Charles Dickens
Tradução e notas
Fábio Pedro-Cyrino
Adaptação
Rodrigo Fragelli
Ilustrador
***************
Idioma
Português-Inglês
Lançamento
08/2010
Acabamento
Brochura
Formato
14cm x 21cm
Páginas
144
Peso
308 g
ISBN - Livros
ISBN 9788588781481
ISBN - Digital
ISBN 9788588781641
Compre Agora

Versão Física

Versão digital
Sinopse
UM CÂNTICO DE NATAL tem como protagonista Ebenezer Scrooge, um avarento proprietário de uma casa de contabilidade e empregador do pobre Bob Cratchit, o seu escriturário. Scrooge evita fazer quaisquer gastos, tanto que no inverno, à época do Natal, o escritório é aquecido apenas por uma pequena lareira. Para Scrooge, isso não é um problema, uma vez que a sua frieza interior é constante, e o conforto das outras pessoas para ele não é importante.

Na véspera de Natal, Scrooge, sozinho e renegando qualquer companhia, recebe a visita do espírito do seu falecido sócio, Jacob Marley, que confidencia-lhe que um destino igual ao dele estará reservado a Scrooge se o mesmo não se redimir do seu comportamento. Para tal, três fantasmas vir-lhe-ão visitar e trarão a oportunidade para que ele reflita sobre a sua condição e através de uma profunda mudança de hábitos limpar a sua consciência.

Charles Dickens foi um dos principais cronistas do seu tempo, retratando através das suas obras as mudanças que estavam ocorrendo na Inglaterra vitoriana, em função da industrialização e da reforma de valores. Mais do que um simples contador de histórias, Dickens valeu-se das suas obras para criticar as diferenças sociais e a sociedade em que vivia, alertando para a necessidade de retomada dos valores humanos.
Compre em Nossos Parceiros

Conheça mais sobre Charles Dickens


(1812-1870)

Foi o mais popular dos romancistas da era vitoriana e contribuiu para a introdução da crítica social na literatura de ficção inglesa. A fama dos seus romances e contos pode ser comprovada pelo fato de todos os seus livros continuarem a serem editados ininterruptamente e, entre as suas maiores obras, destacam-se “Oliver Twist”, “Grandes Esperanças”, “Um Cântico de Natal” e “David Copperfield”.

Filho de uma família de poucos recursos, desde cedo trabalhou para contribuir para o sustento familiar, principalmente após a prisão do pai por dívidas. As péssimas condições de trabalho da classe operária seriam um tema constante e a crítica às transformações sociais e econômicas da Inglaterra recorrentes em suas obras. Já adulto trabalhou como jornalista no “Morning Chronicle”, onde passou a publicar diversas crônicas sob o pseudônimo de Boz, reunidas mais tarde como “Esboços feitos por Boz”. A partir de então, publicou em folhetins semanais, uma de suas principais obras – “Oliver Twist” – apontando os males sociais do seu tempo. Em 1849 publicou um de seus mais conhecidos romances, “David Copperfield”, inspirado em grande parte na sua própria vida. A partir da década de 1850, tornou-se editor de duas revistas literárias inglesas, a “Household Words” e “All the Year Around” (1859-1895), onde publicou algumas das suas mais famosas obras como “A história de duas cidades” (1859), “Grandes esperanças” (1861) e “Nosso amigo em comum” (1864) e teve como colaboradores importantes escritores do seu tempo, como Elizabeth Gaskell, Wilkie Collins e Edmund H. Yates.

Nos últimos anos da sua vida, empreendeu uma série de viagens, realizando leituras das suas obras em conferências por toda a Inglaterra, Escócia e Estados Unidos. Após um acidente de trem, em 1865, começou a sofrer de pequenos derrames cerebrais até o derradeiro, que ocorreu à porta da sua residência. Dickens deixaria inacabado o livro “O Mistério de Erwin Drood” (1812-1870).



Do mesmo autor



EDITORA LANDMARK LTDA.
Rua Alfredo Pujol, 285 - 12º andar - Santana - 02017-010 – São Paulo - SP - Brasil
Tel.: +55 (11) 2711 2566 / 2950 9095

[email protected]